2018... valendo!!



Você já reparou como, nas últimas semanas do ano, somos tomados por uma urgência como se o mundo fosse acabar? Como se nada pudesse ficar para depois? Na verdade, sabemos, é só um ano que termina e outro que recomeça, mas entramos em uma correria frenética, atormentados pelo turbilhão de finalizar todos os compromissos profissionais assumidos, aliando compras de presentes em lojas lotadas, participação em confraternizações e organizações de festas e viagens. Diante de tanta agitação, muitas vezes esses compromissos geram mais angústia do que alegria.

No entanto, passada a euforia do réveillon, a vida parece dar um reset. Depois de finalizada a contagem regressiva para o início do novo ano – e cessados os efeitos de possíveis exageros da comemoração –, a rotina aos poucos vai se normalizando. Aos poucos, bem aos poucos, é de ressaltar. Muitas escolas ainda em férias, turistas passeando por aí, o clima de férias misturado com o cotidiano de trabalho de um ano que vai dando os primeiros passos, engatinhando preguiçoso, mas que promete ser bem agitado lá na frente.

Essa inicial tranquilidade tem lá suas vantagens. Antes que o ano engrene a terceira marcha e comece a ganhar velocidade, esse é o melhor momento de aquietar a mente, ajustar rotas, fazer um planejamento real para o ano e, melhor ainda, começar a colocar em prática as metas já traçadas. No conhecido poema “Receita de ano novo”, Carlos Drummond de Andrade estimula cada um a criar o seu ano novo, pois “é dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.”

O fim da primeira semana de 2018 parece ser um bom momento para começar a despertar desse cochilo. Só acordados, despertos para o que realmente importa, podemos colocar nossos sonhos em prática. Afinal, se a gente começa a realizar aquilo a que se propõe desde agora, com pequenas atitudes, talvez não seja necessária tanta correria no apagar das luzes. Ou seria essa mais uma irreal promessa de janeiro? Não custa tentar. Feliz Ano Novo!

Sílvia Dantas é redatora da Conceito Comunicação Integrada

e acredita que com planejamento, não precisa correr tanto nessa vida.


© Conceito Comunicação Integrada