Produtividade em Quarentena: É possível?



Difícil e, quase impossível, conhecer uma pessoa que não iniciou o período de quarentena com o seguinte pensamento: "Eu terei mais tempo para fazer as coisas, minha produtividade irá aumentar.", mas impossível mesmo é acreditar numa afirmação como esta.


A princípio, é essencial deixar claro que nossas costumeiras 24 horas não aumentaram com a quarentena, apesar do impacto positivo ao nosso planeta, giramos em torno do Sol no mesmo ritmo. Portanto, por que teríamos mais tempo? A flexibilidade em nossa rotina é o único fator adicional, mas dividir a atenção com diversas tarefas ou ter tempo livre em excesso sempre mostrou-se uma armadilha para o ser humano. O que nos salva é a disciplina.


Organizar nossas atividades dentro de casa, em home office, é apenas viável quando organizamos as atividades em outra casa da qual raramente saímos: a mente. Infelizmente, assim como qualquer cômodo, organizar uma vez não irá manter as coisas em ordem sempre. Portanto, eis uma faxina mental que irá te ajudar a ordenar suas ideias e consequentemente otimizar seu fluxo de produção:


EXTERNALIZAR


Se você estiver constantemente tentando lembrar de todas as tarefas, não conseguirá ter atenção na que está executando. Não percebemos, mas essa pressão cognitiva toma espaço do nosso raciocínio para dar energia à nossa memória. Faça uma lista de todas as coisas que precisa executar e libere espaço da sua "memória RAM". Assim, poderá focar em uma tarefa de cada vez e não correrá o risco de esquecer de todas as outras, o que nos leva ao próximo passo:


ANÁLISE E EDIÇÃO


Com todas as suas tarefas, responsabilidades e projetos a concluir em mãos, será muito mais fácil segmentar cada um por importância e, assim, executar suas prioridades sem comprometer prazos. Neste momento, agendas, planners e checklists são seus melhores amigos. O recomendado é fazer "à moda antiga", pois apesar da facilidade das ferramentas online e da agilidade que os dígitos nos oferecem, perdemos o tempo que a escrita a mão nos proporciona para prestar atenção e processar o que estamos escrevendo. Poder "pôr a mão na massa" fisicamente emite uma mensagem mais clara ao cérebro.


EXECUÇÃO


Possuindo um planejamento em mãos, resta apenas a execução, mas não é aqui que o processo se encerra. Como qualquer hábito que inserimos em nossas rotinas, este pode levar uns erros e acertos até que consiga personalizar da melhor forma de acordo com seus horários, necessidades e contexto.


Imprevistos também ocorrem, portanto esta semana pode funcionar, enquanto a próxima talvez não renda o mesmo nível de produtividade. E está tudo bem, estamos vivendo um período que pegou o mundo inteiro de surpresa, você não é o único com tantas interrogações e tentando um malabarismo para adaptar-se da melhor forma possível. São diversos questionamentos que não imaginávamos ter antes disso tudo, estamos todos tentando compreender onde depositamos o nosso foco. O processo precisa de mais atenção que a meta, e não há como produzir sem saúde.


© Conceito Comunicação Integrada